A família moderna cresceu!

Em novela, quando a bolsa rompe todo mundo corre para o hospital muito depressa porque o bebê está nascendo. Se não for depressa, o bebê nasce no carro ou no meio da rua. E o nascimento do bebê tem clima de perseguição policial. Mas na vida real não é bem assim… Nem sempre o rompimento da bolsa indica que se iniciou o trabalho de parto. E também nem sempre tem que correr para o hospital porque muitas mulheres planejam parir em casa. Isso mesmo… planejam! Os partos domiciliares que fotografo são planejados. Os bebês não nascem em casa por falta de tempo de ir ao hospital, como já me perguntaram.

Numa manhã de terça-feira acordei com a lembrança de um sonho. Sonhei que estava na casa da Tatiana do blog Manual da Família Moderna (se não conhece ainda, sugiro a visita!). No meu sonho, ela em trabalho de parto ativo estava na piscina, e eu agachada num cantinho da sala ficava observando e esperando os melhores momentos para as fotos. Levantei e me arrumei para o trabalho como de costume. Ainda no início da manhã, a mensagem “pre-pa-ra!”… a bolsa estourou! Nada de pânico e correria. Eu sabia que ainda podia demorar horas ou até dias para iniciar o trabalho de parto. Fiquei apenas aguardando novas notícias.

As notícias chegaram de madrugada. Contrações mais ritmadas e com menor intervalo entre elas. Por volta de 1h30 da manhã eu já estava no local do meu sonho. Na entrada da casa, uma frase me ambientava com o clima daquela noite. Vem bebê! Se seria Clara ou Francisco não importava. O bebê já era amado e esperado. E eu já tinha o meu palpite. ;-)

Um pouco depois a parteira chegou. As meninas dormiam. Aqui vale uns parênteses… A Tati e o Marco são pais de duas meninas lindas e gêmeas de dois anos de idade. Maria e Bella. Quem acompanha o blog da Tati também acompanha as peripécias dessas duas mocinhas.

Enche piscina. Liga mangueira. Coloca água pra ferver. Abraça. Faz carinho. Sorri com cara de quem está ali emanando amor e todo apoio do mundo. E assim segue o Marco, marido, pai, companheiro.

O trabalho de parto vai evoluindo. Devagarinho, no seu ritmo, madrugada adentro. A luz do dia invade aos pouquinhos a sala. Tati segue firme, tentando descansar nos intervalos das contrações. Chama seus pais para levarem as meninas pra passear e eles logo chegam. O avô prepara a vitamina e a avó arruma as meninas. Eles saem sentidos por não ficarem pra ver o novo netinho ou nova netinha nascendo, porém com aquela energia gostosa que só os avós têm quando estão levando netos para passear e passar o dia, felizes por estarem bem acompanhados.

Passado o agito da arrumação das meninas, são somente eles três retomando a concentração no trabalho de parto que tinha perdido um pouco seu ritmo. E vamos embalados por Nando Reis, Flávia Wenceslau e pela voz uruguaia deliciosa de Jorge Drexler. Lágrimas rolam.

A tarde vem chegando. As contrações são comemoradas. A dor indica que está cada vez mais perto de conhecermos o rostinho do bebê. Saber se é menino ou menina. Se é parecido com o pai ou com a mãe. E Tati repete pra si mesma: “a contração é minha amiga”. Ri. Chama seu bebê. Fiquei emocionada quando ela disse a seu bebê que ele podia vir, que ela estava pronta pra recebê-lo e em seguida sentiu seu corpo se abrindo um pouco mais e o bebê descendo. Foi lindo! Chorei ao ver o tamanho daquela conexão.

Voltou a noite. O cansaço foi batendo em todo mundo, mas sem desânimo. Sushi para o jantar. E ficava muito claro de que em parto não há controle. A madrugada chegou e com ela a decisão de irmos para o hospital, onde foi feita uma cesárea. Decisão difícil pra quem planejava um parto domiciliar.

E então… Clara ou Francisco? Meu palpite estava certo!

Francisco é a cara de suas irmãs! Nasceu na madrugada da quinta-feira, após um longo trabalho de parto. Longo e transformador, acredito. E a família moderna transborda felicidade com o nascimento de mais um membro! Agora são cinco!

E para quem quiser ler o relato da Tati, é só clicar aqui!

Tati, muito obrigada a você e ao Marco pela confiança. Por me acolherem tão bem no ninho de vocês. Desejo que o Francisco traga ainda mais alegria e diversão a essa família moderna tão querida!

Tags: , , , , , , , , ,

4 Responses to “A família moderna cresceu!”

  1. Marina Guimarães disse:

    lindo!

  2. Marcos disse:

    que lindo… parabéns!

  3. Simone disse:

    Ana!!
    Simplesmente, lindo, emocionante!!
    As palavras, as fotos, uma sensibilidade incrível!!
    Parabéns!!!

  4. Tati disse:

    Amei ver a história do parto com o seu olhar, Ana! Digo e repito: que sorte a nossa de ter você nesse momento e como é bom estar perto de alguém que faz o trabalho com tanto amor. Mil vez obrigada!

    Tinha esquecido das “contrações são minhas amigas” huahuahua

Deixe seu Comentário


 

All Images Copyright Ana Paula Batista | Blog Theme Created by LJP & SLR Lounge