Mais um ano voou… e eu voei junto!

O ano que está no fim foi um ano intenso. Acho que essa é a palavra que melhor o define. Aconteceu muita coisa ao mesmo tempo. Muita coisa boa, mas ao mesmo tempo! E a sensação foi de que mais um ano voou.

Em 2012 fiz uma viagem muito bacana. Minha primeira viagem ao exterior. Fui com um grupo de amigos a Paris e Lisboa. Viagem rápida de poucos dias, mas dias suficientes pra que eu voltasse completamente apaixonada, querendo voltar muito em breve. As fotos? Vocês não viram? Pois é…  Eu também não. Vergonha!!! Efeito do atropelo que foi esse ano. Mas elas vão aparecer! Vou reviver os cheiros e sabores, o vento gelado, as paisagens lindas. Aguardem.

Não moro mais no mesmo lugar onde vivi nos últimos 14 anos. Me mudei pra um outro apartamento, mais afastado do centro e de onde morava antes, e estou muito feliz com toda a novidade. Claro que aperreios com serviços, sejam de empresas ou de profissionais liberais estiveram presentes e ainda continuarão por um bom tempo. Mas isso é menor e o que importa é que eu e a Lu estamos curtindo muito nosso doce lar!

No meio da mudança, tive uma monografia pra fazer e apresentar perante uma banca e um curso de Direito pra concluir. Confesso que pensei em desistir, em deixar a monografia pro semestre seguinte, mas tive pessoas maravilhosas ao meu lado me incentivando, motivando, cada um ajudando à sua maneira. Escolhi um tema polêmico em Direito Penal, mas o trabalho ficou muito bacana e saí com um 10 no meu histórico e alguns elogios da banca examinadora na memória.

Na minha carreira de fotógrafa muita coisa aconteceu também. Eu e a Rafa, que tínhamos o projeto Ensaios Infantis juntas, resolvemos tomar rumos um pouco diferentes (ela se dedicando mais aos casamentos e eu aos nascimentos), mas sem perder a amizade e a admiração recíproca que cativamos. Tive que tomar uma difícil decisão, mas que significou um bater de asas. Voltei pra essa casa, mas voltei diferente. Mais madura, talvez. Mas também com mais questionamentos, com mais vontade de me desenvolver pessoalmente e, consequentemente, profissionalmente. E então tomei coragem e dei nome à casa: Ana Paula Batista Fotografia de família.

Todas essas caraminholas me tomavam quando participei de um workshop que foi muito importante pra mim… o da Fernanda Petelinkar. Há muito tempo eu a admiro e sonhava conhece-la pessoalmente (quase morri quando ela me reconheceu e veio me abraçar dizendo “a Ana eu conheço” hihi). A oportunidade chegou e foi ótimo! Posso dizer que um divisor de águas. Juntou o empurrão com a vontade de voar!

Trabalhei muito! Muito mais do que imaginava ser capaz. Tive que mudar algumas coisas no meu fluxo de trabalho. Adotei novos produtos. Conheci clientes incríveis e vi que quando fazemos o que amamos o resultado é muito positivo. Vi vários bebês nascerem. Chorei ao ouvi-los chorando. Fotografei barrigas, chamegos, sorrisos, amores. E fiz tudo isso parar no tempo e no espaço.

Com isso, colecionei ligações carinhosas de mães chorando ao ver as fotos do nascimento de seus bebês, e-mails fofos, mensagens de celular, enfim, amor e carinho em forma de palavras, além dos abraços da criançada… ah como são gostosos! Até entrevista pra revista rolou! Rs

Alguma dúvida de que 2012 foi um ano maravilhoso? Só tenho a agradecer a cada um que esteve comigo nesse percurso. Meus familiares, amigos, clientes, pequenos modelos, colegas de trabalho… a vocês meu “muito obrigada”!

O que a vida me reserva pra 2013 não sei. Mas estou de coração aberto, renovada e cheia de planos!

Espero presenciar e eternizar muitos olhares, carinhos, esperança e muito amor!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *