Maria Clara, pode vir! {parto domiciliar}

Depois do ensaio de gestante, ficamos esperando Maria Clara dar sinais de sua chegada. Mal raiou o primeiro dia de setembro e com ele veio a mensagem de que Lívia estava em trabalho de parto. Cedinho eu já estava lá na casa da família, prestes a ver uma amiga querida ter sua bebê da forma como desejou… por meio de um parto domiciliar planejado, respeitando seu tempo e suas vontades, dentro do que fosse seguro para mãe e bebê.

O trabalho de parto seguiu intenso por toda a manhã. Contrações fortes e doloridas aproximavam Maria Clara de seu nascimento. A hora de conhecer o seu rostinho ia ficando mais perto. Mel, a guardiã de sapatinhos, também aguardava pela chegada de sua irmãzinha humana. Incrível como os animais sentem o que está acontecendo em um parto! E quando Maria Clara nasceu, não chorei sozinha… Mel chorava também. Coisa mais fofa!

Fotografar parto de amigos ou pessoas próximas é muito especial, mas também bastante desafiador. Existe toda uma bagagem emocional e afetiva envolvida. Tudo se torna ainda mais gratificante quando essa amiga é profissional do universo do parto. A Lívia é enfermeira e atua como consultora de amamentação e acupunturista. Fico muito honrada de ter sido escolhida para retratar esse dia tão importante e delicado.

Quatro dias depois, voltei para fazer umas fotos da família, dessa vez com a Maria Clara do lado de fora da barriga. Adoro fotografar recém-nascidos em suas casas. Claro que a chegada de um bebê, especialmente quando é o primeiro, vem acompanhada de um universo desconhecido, noites sem dormir, mas também traz um tanto de olhares e sorrisos babões e um amor que não tem fim. Aqui está um pedacinho da sessão Boas Vindas da Maria Clara.

 

Equipe Luz de Candeeiro

Ana Cynthia Baraldi – enfermeira obstetra

Iara Silveira – enfermeira obstetra



Uma resposta para “Maria Clara, pode vir! {parto domiciliar}”

  1. É impossível não chorar de emoção com cada post seu, com cada uma dessas imagens contando histórias.
    Amo seu trabalho e toda essa sensibilidade que você tem pra registrar um momento de luz como esse <3

Deixe uma resposta