Nós, a Bahia e um iPhone. Um pedacinho de férias.

Sou muito apegada à minha família e não dispenso uma viagem com todos juntos. Nesse fim de ano, em nossas andanças pela Bahia, resolvemos passar uns dias em Ilhéus. Eu, que não via o mar há cerca de quatro ou cinco anos, amei os planos! Já estava com saudades de fazer caminhadas com os pés na areia, ouvindo aquele barulhinho gostoso das ondas quebrando, sentindo a brisa e o cheiro de maresia.

Eu estava de férias e minha câmera também! Tanto a Preta como a Pretinha pouco trabalharam. Uma foto daqui, outra dali… Quem botou pra quebrar mesmo foi o celular. Resolvi fotografar mais com o iPhone. Assim, ia registrando o que encontrava pelo caminho, o que dava na telha. Sem muito peso, sem fotometria ou ajustes manuais. Somente nós, a Bahia e um iPhone!

Gostei tanto de algumas fotos que até fiz um livrinho pra guardarmos essas férias em nossos corações. Acho que os demais tripulantes apreciaram a ideia! =P

Vamos às fotos!!! Ah… e foram todas editadas apenas com os filtros do Instagram.

Os tripulantes… (a Lu que fotografou)

Enfim, Ilhéus!

O mar, misterioso mar!

Na costa do cacau, onde tem praia tem coqueiro. Essa era a entrada do nosso hotel. Digno!

Pés na areia… e bora caminhar! Adoro caminhar bem cedinho na praia. Observar a maré, a textura da areia, os bichinhos. Tava precisando desses momentos!

Às vezes o Sol aparecia meio tímido. Mas logo dava o ar da graça e vinha com tudo!

“Ei! Volta aqui. Me espera!!!”

Construtor de sonhos e castelos. Essa cena me trouxe à tona várias lembranças gostosas de infância. Como eu gostava de construir castelos de areia!

A pescadora.

E o pescador de ilusões. Uma de minhas fotos favoritas!

Pés na água…

Lá vem a onda!

E foi embora…

Casa de dona Maria Farinha…

… depois da onda.

Catedral de São Sebastião.

Rua de Jorge, o Amado.

O famoso Vesúvio.

E salve Jorge!

Ilhéus nos recebeu com halo solar…

… e com chuva.

Lu fez seu pior investimento do verão. O “tatuador” garantiu que durava 50 dias… Aham!

Mas mesmo assim, ela se divertiu muito!

Sabe a história do tal mandacaru?

Funcionou, mesmo no litoral.

Até que chegou a hora de virmos embora…

… e dar um até logo a Ilhéus.

Subir a serra…

E voltar pra paisagem do sertão.

Mas antes de ir pra casa, o melhor acarajé do mundo! Em Brumado!

E esse foi um pedacinho de nossas férias. Férias sonhadas, esperadas e merecidas. Dias deliciosos, divertidos. Ensolarados ou chuvosos… não importa! O importante é que estávamos juntos. Só tenho a agradecer a cada um que fez parte dessas lembranças, que guardarei com muito carinho. Mainha, painho, Thiagão e Lucianinha, amo vocês!

Acho que consegui cumprir meu desafio. O que faz a fotografia é o nosso olhar e não o equipamento. =)



8 respostas para “Nós, a Bahia e um iPhone. Um pedacinho de férias.”

  1. Como sempre…maravilhoso!…Vc é demais!!!…

  2. Gloria Andrade e tia Mônica Borges, vocês são umas fofas! Muito obrigada!!! Vocês têm que ver o livro… ficou lindo!

  3. Josie Cunha disse:

    Arrasou, neguinha!!! Botou pra quebrar!
    E que textura linda é essa da foto 39? UAU!
    Beijos!

  4. Josie Cunha disse:

    Ah! E concordo com o melhor acarajé do mundo!!!! Fiquei com água na boca aqui…nhammm

  5. Midori disse:

    “O que faz a fotografia é o nosso olhar e não o equipamento.” Fatão! =)
    As fotos estão lindas demais!!! De uma criatividade sem fim! Me arrisco a dizer que este post foi um dos que mais gostei! As fotos da areia (todas elas) acho que são minhas favoritas!

  6. André Silveira disse:

    Muito belo. Lindas fotos de Ilheus. Felicidades!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *